A presença da Comunicação Rural e da Folkcomunicação na vaquejada: caminhos para o reconhecimento desse esporte a partir da apropriação dessas ferramentas e seu papel para o desenvolvimento local

  • Maurício de Siqueira Silva
  • Vinicius Castro Moreira da Silva

Resumo

Os conceitos de comunicação, e suas práticas, estão passando por diversas mudanças na atualidade. Nesse sentido, a partir do pensamento de Paulo Freire sobre a extensão rural, é necessário que para que haja de fato uma extensão, faz-se necessário o uso da comunicação para que se insira novas práticas produtivas, como é o caso da folkcomunicação. Há uma comunicação própria no meio rural, sobretudo na vaquejada, que será tratada nesse trabalho tentando apontá-las e mostrar seus significados e códigos.

Biografia do autor

Vinicius Castro Moreira da Silva

Aluno do curso de graduação em ciências econômicas da Professor da Universidade Federal de
Alagoas- Campus Sertão. 

Referências

Associação dos vaqueiros. Disponível em: . Acesso em 18 de novembro, 2016. BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação: no contexto de massa. João Pessoa, Editora Universitária/UFPB,2000. FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil. 22 eds., São Paulo: Editora Nacional, 1987. LUCENA FILHO, Severino Alves de: Azulão do BANDEPE: uma estratégia de comunicação organizacional. Recife – PE: CEPE, 1998. MARÇOLLA, R. Folkmdia: a cultura popular viva nos meios de comunicação e na Universidade Metodista de São Paulo: Paper apresentado para o VII CELACOM 2003, na Universidade Metodista de Sªo Paulo, sob a coordenação do Prof. Dr. José Marques de Melo SPENILLO, Giuseppa. “Comunicação rural: elo possível entre o desenvolvimento local e as novas tecnologias de informação”. CALLOU, Angelo Brás. (org.) Comunicação rural e era tecnológica. Série Fractais. Recife : Imprensa Universitária (UFRPE/ NTC-Recife), 2000, p. 24.
Publicado
2017-04-26
Como Citar
SILVA, Maurício de Siqueira; SILVA, Vinicius Castro Moreira da. A presença da Comunicação Rural e da Folkcomunicação na vaquejada: caminhos para o reconhecimento desse esporte a partir da apropriação dessas ferramentas e seu papel para o desenvolvimento local. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/10>. Acesso em: 18 nov. 2017.
Seção
GT 4 - Folkcomunicação e Desenvolvimento Local