Mídia, fé e Folkcomunicação no Programa Salve Maria da Rádio Guarany, em Pernambuco

  • Silvio Gleisson Bezerra
  • Joseilda Maria da Silva
  • Irenilda de Souza Lima

Resumo

Este artigo analisa como os ouvintes identificam o Rádio como mediador e líder midiático, produzindo mensagens que fortalecem a religiosidade, afirmando o exercício da fé na base teórica os estudos sobre Rádio e a Folkcomunicação, através do Programa Salve Maria, da Rádio Guarany AM, em São Lourenço da Mata, Pernambuco. Utilizou-se a pesquisa qualitativa para identificar as modalidades de interação e manifestações folkcomunicacionais nas estratégias comunicacionais de informação/persuasão, além de identificar características radiofônicas como oralidade, proximidade e coloquialidade que promovem a participação dos ouvintes. Trata-se de uma pesquisa em andamento sendo já possível considerar o programa um instrumento de promoção do protagonismo das pessoas na interação com seu público.

Biografia do Autor

Silvio Gleisson Bezerra

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural e Desenvolvimento Local – POSMEX/ UFRPE.

Joseilda Maria da Silva

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural e Desenvolvimento Local – POSMEX/ UFRPE.

Irenilda de Souza Lima

Doutora em Ciências da Comunicação pela ECA/USP. Professora do Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural e Desenvolvime.to Local – POSMEX/ UFRPE

Referências

ANDRADE, J. O. Igreja e Comunicação: a experiência católica, passagens pelo tradicional, o popular e o moderno. VII Encontro nacional de história da mídia – Mídia alternativa e alternativas midiáticas. Fortaleza, CE. 2009.
BARDIN, L. (2006). Análise de conteúdo (L. de A. Rego & A. Pinheiro, Trads.). Lisboa: Edições 70. (Obra original publicada em 1977).
CARVALHO, M. A. D. [et al.]; PAIVA, M. M. (org). Escolas Radiofônicas de Natal: uma história construída por muitos (1959-1966). Brasília: Líber Livro Editora, 2009.
CHARADEAU, P. O discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2006.
LIMA, I. S. e BELTRÃO, K. F. Contribuições do cristianismo no desenvolvimento da educação à distância. São Paulo. V Celacom, 2001. CD-ROM. Produzido pela Universidade Metodista de São Bernardo – São Paulo.
LIMA, I. S. Mídia Educativa: o uso do vídeo no ensino técnico agrícola em Pernambuco. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação – ECA – USP). Universidade de São Paulo. São Paulo. 2002.
VIGIL, J. I. Manual urgente para radialistas apasionados. São Paulo: Paulinas, 2003.
KOCHHANN, R., FREIRE, M., LOPEZ, D.C. Convergência tecnológica, dispositivos multiplataforma e rádio: uma abordagem histórico-descritiva. In: KLÖCKNER, L. e PRATA, N. (orgs). Mídia sonora e 4 dimensões: 1ª ouvintes e falantes, 2ª memória política, 3ª programas de rádio, 4ª tecnologia e futuro. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2011. 340 p. (História da mídia sonora; v.2).
MARTÍN-BARBERO, J. Globalizacão comunicacional e transformação cultural. In: MORAES, D. Por uma outra comunicação. Mídia, mundialização cultural e poder. Rio de Janeiro: Record, 2005. 3º ed. cap. 3, p. 57-85.
MARTINO, L. M. S. Mídia, Religião e Sociedade: Das palavras às redes sociais. São Paulo. Paulus. 2016.
MARQUES DE MELO, J. Mídia e Cultura Popular. São Paulo. Paulus, 2008.
MARQUES DE MELO, J. Os caminhos cruzados da comunicação: política, economia e cultura. São Paulo: Paulus, 2010.
MERGULHÃO, E. Marcas comunicacionais na obra literária de Luiz Beltrão. São Paulo. Intercom. 2015.
NEUBERGER, R. S. A. O Rádio na Era da Convergência das Mídias. Cruz das Almas/BA: UFRB, 2012. 164 p.
PAIVA, V. Educação Popular e educação de Adultos. SP. Edições Loyola. 1973.
PRATA, N., LOPEZ, D. C. e CAMPELO, W. Panorama do Rádio Religioso no Brasil. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Foz do Iguaçu, PR – 2 a.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
BEZERRA, Silvio Gleisson; SILVA, Joseilda Maria da; LIMA, Irenilda de Souza. Mídia, fé e Folkcomunicação no Programa Salve Maria da Rádio Guarany, em Pernambuco. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/41>. Acesso em: 18 nov. 2017.