O leitor popular interator: coautor de textos na mídia

  • Adriele Cristina Rodrigues
  • Lucia Helena Vendrusculo Possari

Resumo

O leitor da mídia vem alterando seu papel, passando a ser, cada vez mais, um leitor interator e interativo, na medida em que participa da notícia, interferindo na pauta com o envio de conteúdo para aplicativos dos veículos de comunicação. O sujeito-leitor, de sujeito coletivo passa a ser um sujeito conectivo. Na cibercultura, estamos modificando a maneira com que lidamos com as informações: as falas das ruas, pelos dispositivos móveis, o pertencimento às redes sociais, aos simulacros, os encontros e reuniões presenciais. Cabe ao ciberespaço, também, abrigar emoções, criando laços com o leitor-interator e, num vir-a-ser, permitir que as mídias sociais deem protagonismo ao imaginário do leitor. Para tentar compreender como traçar novos panoramas para os estudos em comunicação, este artigo traz uma breve discussão do que pretendemos compreender a longo prazo: o jornalismo colaborativo.

Biografia do Autor

Adriele Cristina Rodrigues

Doutoranda do Programa de Mestrado em Estudos de Cultura Contemporânea – ECCO/UFMT. 

Lucia Helena Vendrusculo Possari

Doutora em Comunicação e Semiótica. Professora e orientadora do Programa de Mestrado em Estudos de Cultura Contemporânea – ECCO/UFMT. 

Referências

CARRATORE, Luís Roberto R. Del. Pesquisa científica em comunicação: uma abordagem conceitual sobre os métodos qualitativo e quantitativo. Comunicação & Inovação, São Caetano do Sul, v. 10, n. 19:(29-35) jul-dez 2009.
FERRARI, Pollyana, A força da Mídia sócia l- interface e linguagem jornalística no ambiente digital. 2ª.ed. São Paulo, Estação das Letras e Cores, 2014.
FONSECA, João José Saraiva da. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.
FRAGOSO, Suely; RECUERO, Raquel; AMARAL, Adriana. Métodos de pesquisa para internet. Porto Alegre: Sulina, 2011.
GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. 1. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2008.
JENKINS, Henry. Cultura da convergência. (Trad. Susana Alexandria). 2. ed. São Paulo: Aleph, 2009.
JORGE, Thaïs de Mendonça. Manual do foca: guia de sobrevivência para jornalistas. São Paulo: Editora Contexto, 2008.
KIRNER, Claudio; SISCOUTTO, Robson Augusto. Fundamentos de Realidade Virtual e Aumentada. In: KIRNER, Claudio; SISCOUTTO, Robson Augusto (editores). Realidade Virtual e Aumentada: Conceitos, Projeto e Aplicações. Petrópolis: Editora SBC, Porto Alegre, 2007.
LEMOS, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 5. Ed. Porto Alegre: Sulina, 2010. Coleção Cibercultura.
POSSARI, Lucia H. V. Educação à Distância: sua concepção como processo semiodiscursivo. In: POSSARI, Lucia H. V.; NEDER, Maria Lucia C. Material didático para a Educação à Distância: processo de produção. Cuiabá: EDUFMT, 2009.
PRADO, Magaly. Webjornalismo. Rio de Janeiro: LTC, 2011.
SANTAELLA, Lúcia. Navegar no Ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Editora Paulus, 2004.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
RODRIGUES, Adriele Cristina; POSSARI, Lucia Helena Vendrusculo. O leitor popular interator: coautor de textos na mídia. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/48>. Acesso em: 18 nov. 2017.