A influência do líder de opinião nas ressignificações do Grupo Folclórico Parafusos

  • Flavio Menezes Santana
  • Talita de Azevedo Déda

Resumo

A existência de diversos grupos da cultura popular se deve aos seus grandes mestres que atuam à frente dos seus brincantes, criando formas de resistir as dificuldades de atuar perante a sociedade. Diante disso, a partir dos estudos de Luiz Beltrão sobre os intercâmbios entre a cultura popular e a cultura de massa, fenômeno denominado de Folkcomunicação, o presente trabalho busca mostrar a presença e a influência desse Líder folk nas ressignificações do grupo folclórico Parafusos da cidade de Lagarto, munícipio Sergipano. Para observação dessa pesquisa será realizado um estudo de caso cuja contribuição desta discussão consiste no fortalecimento da ideia de que a Folkcomunicação seguiu a dinamicidade da sociedade e do folclore e ainda pode ser estudada através de inúmeros objetos de estudo da cultura popular, bem como disseminar o histórico do grupo e mostrar suas formas de resistência.

Biografia do Autor

Flavio Menezes Santana

Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Tiradentes (UNIT).  

Talita de Azevedo Déda

Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho – Portugal, Professora dos Cursos de Comunicação Social – Jornalismo e Publicidade e Propaganda, UNIT/SE.

Referências

ALENCAR, Aglaé D’Ávila Fontes de. Danças e folguedos: iniciação do folclore sergipano. 2. ed. Aracaju: s.r., 2003.
BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação, um estudo dos agentes e dos meios populares de informação de fatos e expressão de ideias (Tese de Doutoramento). Brasília, UnB, 1967.
BARRETO, Luiz Antônio. Um novo entendimento do Folclore e outras abordagens culturais. Aracaju: Sociedade Editorial de Sergipe, 1994, 260p.
_____________________. Folclore – Invenção e Comunicação. Aracaju: Typografia Editorial / Scortecci Editora, 2005, 204p.
GADINI, Sérgio Luiz; WOITOWICZ, Karina Janz (org.). Noções básicas de Folkcomunicação: uma introdução aos principais termos, conceitos e expressões. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2007.
GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.
MELO, José Marque de (org.). O campo da comunicação no Brasil. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.
_____________. História do pensamento comunicacional: cenários e personagens. São Paulo: Paulus, 2003.
OLIVEIRA, Irineu Roberto de. A Saga dos Parafusos de Lagarto: Resitência e Ressignificação. 2002. 120f. Trabalho de conclusão de Curso. Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2002.
SOUSA, Jorge Pedro. Elementos de Teoria e Pesquisa da Comunicação e dos Media. Porto: Ed. Universidade Fernando Pessoa, 2006.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
SANTANA, Flavio Menezes; DÉDA, Talita de Azevedo. A influência do líder de opinião nas ressignificações do Grupo Folclórico Parafusos. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/49>. Acesso em: 23 set. 2017.