Folkmarketing e a disputa pelo maior São João do Brasil

  • Juliana Hermenegildo da Silva
  • John Willian Lopes
  • Maria Érica de Oliveira Lima

Resumo

O período junino é, certamente, um dos de maior expressão da cultura popular brasileira. Essencialmente ligados à ruralidade, os festejos juninos se reconfiguraram e ganharam novos significados no meio urbano. Neste artigo, portanto, objetiva-se analisar as afirmações pelas narrativas publicitárias das cidades que disputam a realização do maior São João do país. Assim, realiza-se um estudo comparativo tomando como corpus peças que compõem o material de divulgação de três cidades que polarizam a atenção durante esse período de festejos: Caruaru (PE), Campina Grande (PB) e Mossoró (RN). A disputa entre elas se materializa nos números (investimentos, público etc.) e nas narrativas publicitárias que adotam para se afirmar e consolidar como o maior e melhor São João.

Biografia do Autor

Juliana Hermenegildo da Silva

Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPgEM/UFRN). Pesquisadora em Folkcomunicação, Mídia regional e Cultura popular. 

John Willian Lopes

Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPgEM/UFRN). Integra o Grupo de Pesquisa Pragmática da Comunicação e da Mídia (Pragma/UFRN).

Maria Érica de Oliveira Lima

Doutora em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp). Professora Associada do curso de Jornalismo e do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal do Ceará (PPGCOM/UFC). É Conselheira da Rede de Estudos e Pesquisas em Folkcomunicação (Rede Folkcom). 

Referências

BENJAMIN, Roberto. Folkcomunicação na sociedade contemporânea. Porto Alegre: Comissão Gaúcha de Folclore, 2004.
CHIANCA, Luciana de Oliveira. São João na cidade: ensaio e improviso sobre a festa junina. João Pessoa: Editora UFPB, 2013.
LIMA, Elizabeth Christina de Andrade. A fábrica dos sonhos: a invenção da festa junina no espaço urbano. João Pessoa: Ed. Ideia, 2002.
LUCENA FILHO, Severino Alves de. Festa junina em Portugal: marcas culturais no contexto do Folkmarketing. João Pessoa: Editora UFPB, 2012.
LUCENA FILHO, Severino Alves de. Folkmarketing. In: Metamorfose da Folkcomunicação: antologia brasileira. MARQUES DE MELO, José; FERNANDES, Guilherme. (Orgs.). São Paulo: Editae, 2013. p. 709-717.
SANTOS, Pedro Paulo Procópio de Oliveira. Caruaru: a construção midiática da marca Capital do forró. 207 f. 2007. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
SILVA, Juliana Hermenegildo da; LOPES, John Willian; LIMA, Maria Érica de Oliveira. Folkmarketing e a disputa pelo maior São João do Brasil. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/50>. Acesso em: 23 set. 2017.