A influência da mídia e da cultura sobre o conceito da beleza

  • Mateus Domingues de Barros
  • Rita Patrícia Almeida de Oliveira

Resumo

O homem diante de seu desenvolvimento ao longo da história sofreu diversas alterações em seu conceito no que se diz ser certo ou errado, em relação à beleza. Diante desse presuposto a cultura atua na formação dos novos individuos, sendo assim, suas caracteristicas dependem do meio ao qual está inserido e nessa perspectiva encontramos a diversidade do conceito de beleza que nos últimos anos sofre também influência da mídia. O presente artigo abordará nesta questão diversos parâmetros como a formação do grupo familiar, recursos publicitários para enfatizar os padrões pré-definidos, tratamentos utilizados em recuperação estética e realizações de cunho pessoal a partir da pesquisa de base bibliográfica.

Biografia do Autor

Mateus Domingues de Barros

Estudante do curso de bacharelado em biomedicina pela Faculdade Integrada de Pernambuco.

Rita Patrícia Almeida de Oliveira

Doutora em Ensino das Ciências e Matemática pela Universidade Rural de Pernambuco- UFRPE e professora do curso de biomedicina da Faculdade Integrada de Pernambuco- FACIPE.

Referências

ARAUJO, et. al. Fatores motivacionais que levam as pessoas a procurarem por academias para praticar exercícios físicos. Disponível em: Acesso em 24/05/2016.
AMBRIZZI, et. al. Avaliação das queixas estético-funcionais em pacientes portadores de deformidades dento faciais, 2007. Disponível em:. Acesso em: 20/04/16.
BATALINI, B. R. SILVA, C. B. NEGRISOLLI, G. F. GUIDINI, P. A influência da mídia nos padrões de beleza atuais, 2013. Disponível em: < http://intertemas.unitoledo.br/revista/index.php/ETIC/article/viewFile/3449/3205> Acesso em: 25/03/2017.
BOM DIA BRASIL. Procura por tratamentos estéticos cresceu 186% na última década. 2012.. Disponível em: Acesso em: 24/05/2016.
CARVALHO, C. & CARQUEJO, D. A satisfação com a imagem corporal e expressão de auto estima em jovens adolescentes dos 14 aos 17 anos, 2004. Disponível em: Acesso em: 10/05/2016.
FONTE, I. B. Diretrizes Internacionais para o Envelhecimento e suas Consequências no Conceito de Velhice. 2002. Disponível em: . Acesso em: 14//09/ 2016.
FREITAS, C. M. S. M. LIMA, R. B. T. COSTA, A. S. FILHO, A. L. O padrão de beleza corporal sobre o corpo feminino mediante o IMC. 2008. Disponível em:. Acesso em: 14/09/2016.
LOUREIRO, I. Sobre as Varias noções de estética de Freud. Revista de Psicanalise, 2003. Disponível em: . Acesso em: 03/06/2016.
MIRANDA, C. M. A construção do ideal de Beleza feminina em comerciais de televisão, 2010. Disponível em: Acesso em: 25/03/2017. MORGAN; VECCHIATTI; NEGRÃO, Avaliação da imagem corporal e de comportamento, 2002.
PORTAL EDUCAÇÃO. A beleza que vem de dentro, 2013. Disponível em: . Acesso em: 12/04/2016.
QUADROS, E. M. As reflexões sobre a beleza de Roger Scruton. 2013.Disponível em: . Acesso em: 14/09/2016.
RIBEIRO, et al .O uso da toxina botulínica tipo “A” nas rugas dinâmicas do terço superior da face. 2014, Disponível em: .Acesso em: 03/06/2016.
ROMERO, T. Insatisfação precoce, 2007. Disponível em: < http://agencia.fapesp.br/insatisfacao_precoce/7717/> Acesso em: 26 de Março, 2017.
SHMIDTT, A. OLIVEIRA, C. GALLAS, J. C. O mercado da beleza e suas consequências, 2008. Disponível em: Acesso em: 25/03/2017.
KONO, B . Ruga, barriga de chope, pelos. O que eles procuram nas clinica de estética? 2013.
KNOPP, G. C. A influencia da mídia e da indústria da beleza na cultura de corpolatria e na moral da aparência da sociedade. 2008. Disponível em: Acesso em: 14/09/2016.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
BARROS, Mateus Domingues de; OLIVEIRA, Rita Patrícia Almeida de. A influência da mídia e da cultura sobre o conceito da beleza. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/58>. Acesso em: 23 set. 2017.
Seção
GT 2 - Morfologia da Folkcomunicação: Gêneros e Formatos