A presença da Folkcomunicação e da cultura popular na Festa de Senhora Sant’ana em Santana do Ipanema-AL: a procissão de carros de boi como processo de manifestação folk

a procissão de carros de boi como processo de manifestação folk

  • Hiara Teixeira Ferreira Silva
  • Janieide da Silva Lins
  • Maurício de Siqueira Silva

Resumo

Ao tratar-se da cultura local, é possível notar que a mesma vem se moldando com o passar do tempo. Devido ao avanço tecnológico que vivemos, é cada vez mais raro que tradições culturais sejam preservadas seguindo seu ritual inicial. A princípio todo espaço ou lugar possui uma significação de existência quando falamos sobre cultura popular e com o passar dos tempos, surgem saberes e celebrações culturais que atravessam gerações e persistem nas comunidades, e que a cada dia a tendência é ficar mais esquecidas. A folkcomunicação como aliada ajuda a demonstrar e resgatar tradições, visto que é uma maneira de transmitir saberes folclóricos através da comunicação. Nesse sentido, a folkcomunicação se mostra como uma ferramenta de fortalecimento da cultura local e, intuitivamente, a procissão de carros de boi pode ser uma forma de resgate e manutenção dos festejos locais.

Biografia do Autor

Hiara Teixeira Ferreira Silva

Aluna do curso de graduação de ciências econômicas da Universidade Federal de Alagoas. Campus Sertão-Santana
do Ipanema.

Janieide da Silva Lins

Aluna do curso de graduação de ciências econômicas da Universidade Federal de Alagoas. Campus Sertão-antana 
do Ipanema.

Referências

BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação: no contexto de massa. João Pessoa, Editora Universitária/UFPB,2000.
PELEGRINI, Sandra C. A. Cultura e natureza: os desafios das práticas preservacionistas na esfera do patrimônio cultural e ambiental. São Paulo, Revista Brasileira de História, v. 26, n° 51, p. 115-140 – 2006.
LÜDKE, M.; ANDRÉ, M.E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, EPU, 1986.
MARI, Hugo. I. Análise do discurso, I. Mari, Hugo. II. Machado, Ida Lúcia. III. Melo, Renato de. FALE/UFMG, 2001.
INTERCOM, Cadernos. N. 57, S. Paulo, Intercom, 1987, jul-dez, pg. 5-15, Ano X.
HOHLFELDT, Antônio. Contribuição aos Estudos acadêmicos de folkcomunicação. In: MARQUES DE MELO. TRIGUEIRO, Osvaldo Meira. (orgs) Luiz Beltrão: Pioneiro das ciências da comunicação no Brasil. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB; Intercom, 2008, p. 89.
SOUZA, Jean. Igreja Matriz divulga programação da Festa de Senhora Sant’ana 2016, 2016. Disponível em: Acesso em 05/04/2017.
VIANA, Petrônio. Procissão leva 1.410 carros de boi às ruas de Santana do Ipanema, 2015. Disponível em: < http://www.agricultura.al.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/2015/julho/procissao-leva-1.410-carros-de-boi-as-ruas-de-santana-do-ipanema 18/07/2015 - 19h21m/> Aceso em 05/04/2017
Romaria de Carros de Boi ganha título de Patrimônio Cultural Brasileiro. Disponível em:< http://g1.globo.com/goias/noticia/2016/09/romaria-de-carros-de-boi-ganha-titulo-de-patrimonio-cultural-brasileiro.html/> Acesso em 05/04/2017
Publicado
2017-04-26
Como Citar
SILVA, Hiara Teixeira Ferreira; LINS, Janieide da Silva; SILVA, Maurício de Siqueira. A presença da Folkcomunicação e da cultura popular na Festa de Senhora Sant’ana em Santana do Ipanema-AL: a procissão de carros de boi como processo de manifestação folk. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/6>. Acesso em: 23 set. 2017.
Seção
GT 4 - Folkcomunicação e Desenvolvimento Local