Comunicação e ampliação do direito à cidadania: Experiência da Rede de Comunicadores Populares da Diocese de Juazeiro da Bahia

  • Francisco de Assis Silva

Resumo

As múltiplas interfaces sociais da comunicação pode nos levar a caminhos nos quais a comunicação, cultura e cidadania estão entrelaçadas. Neste contexto a Rede de Comunicadores Populares da Diocese de Juazeiro na Bahia, revela-se como uma experiência ímpar de comunicação e ampliação do direito à cidadania. Portanto, é uma proposta que merece um olhar aprofundado com os seus desdobramentos. Buscamos primeiro apresentar a rede de comunicadores populares da Diocese de Juazeiro, seus objetivos e sua área de atuação. Em seguida, parece-nos coerente colocar em evidencia pelo menos três conceitos na construção de nosso trabalho, a saber: Comunicação, Cultura e Cidadania. Por fim, concluímos, descrevendo os impactos provocados pela rede de comunicadores populares com vistas na ampliação da cidadania.

Biografia do autor

Francisco de Assis Silva

Francisco de Assis Silva discente do Curso de Doutorado Interinstitucional (Dinter) entre o Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade de São Paulo (PPGCOM – USP) e a Universidade do Estado da Bahia (UNEB). 

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e estética: a teoria do romance. São Paulo: Editora Hucitec, 1998. IN:SACRAMENTO, Igor. A biografia do ponto de vista comunicacional. Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 2, jul./dez. 2014.
CAMINHAR JUNTOS. Juazeiro- BA: Diocese de Juazeiro da Bahia. V. 189, março/1995.
DEMO, Pedro. Cidadania menor. Petrópolis: Vozes, 1992. IN: OLIVEIRA, Maria Olívia de Matos. Educação e Cultura Midiática. Salvador: Editora EDUNEB, 2012.
FRANÇA, Vera Veiga. Crítica e metacrítica: contribuição e responsabilidade das teorias da comunicação. Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 1, jul./dez. 2014.
MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios as mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2003 . IN:SACRAMENTO, Igor. A biografia do ponto de vista comunicacional. Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 2, jul./dez. 2014.
MIKOS, Lothar e PERROTTA, Marta. Traveling style: Aesthetic differences and similarities in national adaptations of Yo soy Betty, la fea. International Journal of Cultural Studies. Vol. 15, n. 1, p. 81-97, 2012. IN: CLAIR IN, Johs. A transnacionalização de programas televisivos na região ibero-americana. Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 2, jul./dez. 2014.
PRIMER Coloquio de Comunicación para la Transformación Social. Comunicación para la Transformación Social. Escuela de Ciencias de la Información (ECI), 7 mayo, 2012. Disponível em: < http://www.eci.unc.edu.ar/coloquio40/>. IN: NAVARRO, Raúl Fuentes. Comunicação e dupla hermenêutica: convergências entre disciplinas científicas e profissões . Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 2, jul./dez. 2014.
SILVERSTONE, Roger. Porque Estudar a mídia? São Paulo: Loyola, 2003. IN: OLIVEIRA, Maria Olívia de Matos. Educação e Cultura Midiática. Salvador: Editora EDUNEB, 2012.
THOMPSON, E. P. Costumes em Comum. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 1998. IN:SACRAMENTO, Igor. A biografia do ponto de vista comunicacional. Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 2, jul./dez. 2014.
WOLF, Mauro. Teorias das comunicações de massa. São Paulo: Martins Fontes, 2005. IN:SACRAMENTO, Igor. A biografia do ponto de vista comunicacional. Revista Matrizes. São Paulo: ECA-USP, v.8, - Nº 2, jul./dez. 2014.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
SILVA, Francisco de Assis. Comunicação e ampliação do direito à cidadania: Experiência da Rede de Comunicadores Populares da Diocese de Juazeiro da Bahia. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/78>. Acesso em: 20 set. 2017.
Seção
GT 5 - Cidadania e sustentabilidade ambiental, social e cultural