Jogando, aprendendo e valorizando a cultura popular por meio da mídia digital

  • Antonio Carlos da Mota Filho
  • Marcelo Pires de Oliveira

Resumo

Abordamos o uso dos videogames com temáticas folclóricas como mídia folkcomunicacional, podendo ser entendidos assim como canais educativos no sentido de ressignificar lendas e outros elementos folclóricos da cultura popular. 

Biografia do Autor

Antonio Carlos da Mota Filho

Graduando em Comunicação Social pela Universidade Estadual de Santa Cruz. Bolsista PROIC/ICB. Membro do Grupo de Pesquisa em Folkcomunicação da UESC.

Marcelo Pires de Oliveira

Doutor em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas. Professor Adjunto do Curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz. Coordenador do Grupo de Pesquisa em Folkcomunicação da UESC. 

Referências

ASSIS, D. O. Perspectivas para o jornalismo crítico de games, 2007. PUC/SP. Disponível em: . Acesso em: 15/4/2017.
BOURY, E. S.; MUSTARO, P. N. Um estudo sobre áudio como elemento imersivo em jogos eletrônicos. . Disponível em: . Acesso em: 15/4/2017.
CRAWFORD, C. The Art of Computer Game Design. , 2003. Disponível em: . Acesso em: 15/4/2017.
FONTENELLE, I. A. Novas Mídias e Mercado da Experiência: Um estudo da Indústria de Videogames | GVpesquisa - FGV. Disponível em: . Acesso em: 14/2/2017.
GEDIGAMES. RELATÓRIO FINAL Mapeamento da Indústria Brasileira e Global de Jogos Digitais. 2014.
GUSHIKEN, Y. Folkcomunicação: interpretação de Luiz Beltrão sobre a modernização brasileira. Disponível em: . Acesso em: 14/4/2015.
LOFTUS, G. R.; LOFTUS, E. F. Mind at Play: The Psychology of videogames. New York: Basic Books, 1983.
LUYTEN, J. M. Folkmídia: uma nova visão de folclore e de folkcomunicação. Folkcomunicação na arena Global. p.39–49, 2006. São Paulo: Ductor.
MURRAY, J. Hamlet no holodeck: o futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: UNESP/ITAÚ Cultural, 2003.
NICOLETTI, A. A. .; FILHO, R. Aprender brincando: a utlização de jogos, brinquedos e brincadeiras como recursos pedagógico. Revista de divulgação técnico-científica do ICPG, v. 2, n. 5–abril–junho, 2004.
QUADROS, J. Literatura Brasileira- Folclore. São Paulo: Somar, 1976.
SANTAELLA, L. Linguagens Líquidas na Era da Mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.
TEIXEIRA, P. M.; MARTINHO, V. F. S.; MARQUES, J. T. Convergências entre videojogos e cinema : animação , representação e simulação de realidades. , 2014. Disponível em: . Acesso em: 21/4/2015.
UPPER ONE GAMES. Never Alone - Game. Disponível em: . Acesso em: 15/4/2017.
VINHA, F. Never Alone: game traz histórias de nativos do Alasca e sobrevivência | Notícias | TechTudo. Disponível em: . Acesso em: 15/4/2017.
Publicado
2017-04-18
Como Citar
FILHO, Antonio Carlos da Mota; OLIVEIRA, Marcelo Pires de. Jogando, aprendendo e valorizando a cultura popular por meio da mídia digital. Anais da Conferência Brasileira de Folkcomunicação - Folkcom, [S.l.], n. XVIII, abr. 2017. ISSN 2236-2924. Disponível em: <http://anaisfolkcom.redefolkcom.org/index.php/folkcom/article/view/97>. Acesso em: 23 nov. 2017.